Agência CEBDS
30/04/2019 12:18

WEWORK LANÇA SEU PRIMEIRO REPORTE GLOBAL DE IMPACTO ECONÔMICO


Documento traz dados sobre a influência da comunidade WeWork na economia mundial, com dados específicos sobre seu ecossistema em São Paulo e no Rio de Janeiro.


A WeWork, associada do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) e rede global de espaços de trabalho, lançou, segunda-feira (29), seu primeiro Relatório Global de Impacto Econômico, criado em parceria com a HR&A Advisors (empresa americana líder de mercado em consultorias de Real Estate e Desenvolvimento Econômico). Os dados do Relatório mostram o impacto da comunidade global da empresa na economia mundial - cerca de 680 mil empregos e uma contribuição de US$ 122,3 bilhões para o PIB global. Se a "economia WeWork" fosse uma cidade, seu PIB seria equivalente ao de municípios como Vancouver, Dublin ou Austin. A economia WeWork refere-se aos empregos e ao PIB gerados pelos membros da WeWork (pessoas e empresas que trabalham de espaços da WeWork), incluindo os indiretos ou que, de alguma maneira, foram estimulados por sua comunidade (efeito cascata)


O relatório traz, também, dados que ilustram a forma como a WeWork ajuda empresas de todos os tamanhos - de empreendedores a mais de um terço da Global Fortune 500 - a se desenvolverem com mais eficiência, atraindo e retendo força de trabalho, e expandindo sua presença global, criando um efeito econômico cascata em todo o mundo. Globalmente, 54% dos membros creditam à WeWork a capacidade de acelerar o crescimento de suas empresas; e 80% dos membros da WeWork relatam globalmente o aumento da produtividade desde sua adesão à empresa.


Para Lucas Mendes, diretor geral da WeWork no Brasil, o relatório comprova os benefícios do ecossistema WeWork para pessoas e empresas. "É incrível ver que estamos tendo um impacto não só no dia a dia das pessoas que trabalham dos nossos espaços, mas também nas cidades em que estamos presentes. Os dados trazidos pelo Relatório, elaborado a partir de depoimentos de milhares de membros da nossa comunidade ao redor do mundo, são uma evidência concreta de que o local de trabalho pode promover colaboração, inovação e, por consequência, impactar negócios, gerando desenvolvimento econômico. Nosso papel na WeWork é oferecer ferramentas para que indivíduos e empresas possam atingir sua máxima performance, oferecendo um ambiente que proporcione bem-estar, conexões e alta eficiência operacional", afirma.


 


No Brasil


O Reporte Global traz também um recorte do apoio da WeWork em São Paulo (SP) e no Rio de Janeiro (RJ), onde a empresa atua desde 2017. A partir de sua operação, a WeWork apoia a criação de novas vagas de emprego e tem um impacto positivo no dia a dia de indivíduos, empresas e bairros dessas cidades.


Alguns dos principais resultados brasileiros do Relatório Global de Impacto Econômico 2019 da WeWork incluem:


Contribuição para o PIB das cidades onde está instalada


•             Em São Paulo, a economia WeWork contribuiu diretamente com R$ 988 milhões e indiretamente com R$ 213 milhões do PIB na cidade. No total, a contribuição representou R$ 1,2 bilhão do PIB do município.


•             No Rio de Janeiro, a economia WeWork contribuiu diretamente com R$ 270,3 milhões e indiretamente com R$ 26,1 milhões para o PIB da cidade. No total, representou R$ 296,5 milhões do PIB do município.


Apoio à geração de emprego


•             Em São Paulo, a WeWork gera um multiplicador econômico de 1,2 - isso significa que para cada membro WeWork, outros 0,2 empregos são gerados na cidade. No total, aproximadamente 13.000 empregos em São Paulo estão, de alguma forma, ligados à WeWork (10800 membros da WeWork + 1700 empregos atribuídos ao fator multiplicador).


Fortalecimento da economia local (bairros) com a chegada da WeWork


•             55% dos membros da WeWork no Rio de Janeiro não trabalhavam no bairro antes de ingressar na WeWork, trazendo mais atividades e gastos em restaurantes e lojas locais.


•             74% dos membros da WeWork em São Paulo não trabalhavam no bairro antes de ingressar na WeWork, trazendo mais atividades e gastos em restaurantes e lojas locais.


Apoio ao desenvolvimento de membros


•             Em São Paulo, 65% dos membros da WeWork dizem que a WeWork ajudou a empresa a acelerar seu crescimento. Gancho também para taxa de crescimento médio de PMEs dentro da WeWork em SP (51%). Além disso, 20% dos membros da WeWork que são empreendedores em São Paulo são empreendedores pela primeira vez.


•             No Rio de Janeiro, 62% dos membros da WeWork dizem que a WeWork ajudou a empresa a acelerar seu crescimento. E 19% dos membros da WeWork que são empreendedores no Rio de Janeiro são empreendedores pela primeira vez.


 


Sobre a WeWork


A WeWork é uma plataforma global que oferece espaços de trabalho, comunidade e serviços, tanto físicos como digitais a mais de 400 mil membros no mundo. Transformamos prédios em ambientes dinâmicos que estimulam a criatividade, a produtividade e as conexões entre as pessoas. Fundada em Nova York em 2010 por Adam Neumann e Miguel McKelvey, a WeWork possui atualmente 400 unidades em 100 cidades e 27 países. Presente no Brasil desde julho de 2017, a empresa conta prédios em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Em janeiro de 2019, a WeWork anunciou seu novo posicionamento de marca, para The We Company: WeWork, WeLive e WeGrow. Para saber mais, siga-nos no Twitter, lnstagram e Facebook (@WeWork) ou visite we.co

Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos