Agronegócios
10/02/2018 17:17

Petrobras contrata chinesa por R$ 1,9 bi para construir unidade de gás do Comperj


Rio, 10/02/2018 - A Petrobras fechou a contratação de uma empresa chinesa para retomar as obras do Comperj, refinaria em construção em Itaboraí, na região metropolitana do Rio, cujas obras estão paradas desde julho de 2015. A diretoria da estatal fechou a contratação de um consórcio formado pela chinesa Shandong Kerui Petroleum e Método Potencial, por R$ 1,94 bilhão, para terminar a Unidade de Processamento de Gás Natural (UPGN) do Comperj.

O contrato será assinado até o fim deste mês, segundo uma fonte ouvida pelo Estadão/Broadcast, que confirmou a contratação do consórcio, revelada na noite de sexta-feira pelo site do jornal "O Globo".

O Comperj é um dos símbolos dos desvios na Petrobras investigados pela Operação Lava Jato. Atrasos nos cronogramas e suspeitas de sobrepreço nos contratos com construtoras fizeram a Petrobras ter uma perda bilionária com o empreendimento. O Tribunal de Contas da União (TCU) calculou, em novembro do ano passado, que as obras geraram prejuízo de US$ 12,5 bilhões à Petrobras, especialmente por "gestão temerária" dos administradores da estatal. (Vinicius Neder - vinicius.neder@estadao.com)
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos