Agronegócios
08/02/2021 09:40

Safra 2020/21: colheita de soja e plantio de milho continuam atrasados, estima AgRural


São Paulo, 08/02/2021 - A colheita de soja da safra 2020/21 evoluiu com ritmo um pouco melhor na semana passada, com o tempo mais firme em parte do Centro-Oeste do Brasil. Levantamento da AgRural mostra que, até quinta-feira (4), 4% da área cultivada com soja no País estava colhida, em comparação com 2% uma semana antes e 16% um ano atrás. Mesmo assim, o índice colhido continua como o menor para esta época do ano desde a temporada 2010/11.

A AgRural destaca que, no Sul do País, as chuvas da semana passada favoreceram o desenvolvimento das lavouras do Rio Grande do Sul. Mas, ainda que um pouco menos volumosas e constantes, as precipitações dificultaram o avanço da colheita nas poucas áreas do Paraná e de Santa Catarina que já estão prontas. Os problemas de qualidade continuam mas, por enquanto, se restringem a talhões semeados em setembro. O tempo mais seco previsto para os próximos dias deve favorecer a perda de umidade e o avanço da colheita, projeta a consultoria.

Em contrapartida, as chuvas abaixo do normal registradas até semana passada inspiram cuidado em pontos de Minas Gerais, Goiás e do Matopiba (acrônimo formado com as iniciais dos Estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia). "Mas há bons volumes previstos", estima a AgRural.

Já o plantio da segunda safra de milho atingiu 3,4% da área prevista na quinta-feira (4), no Centro-Sul do Brasil, mantendo atraso considerável em relação aos 23% de um ano antes. A AgRural explica que poucas áreas de soja estão prontas para a colheita e os produtores de Mato Grosso continuam focados na semeadura do algodão, que também está atrasada.
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Siga nossas redes: