Agronegócios
15/10/2020 11:25

IBGE: plantel suíno alcança 40,6 milhões de animais em 2019, queda de 1,6% ante 2018


Por Daniela Amorim

Rio, 15/10/2020 - O plantel suíno brasileiro totalizou 40,6 milhões de animais em 2019, uma queda de 1,6% ante 2018. No entanto, o número de matrizes de suínos foi de 4,8 milhões, um crescimento de 0,5%, o terceiro ano consecutivo de aumento. Os dados são da Produção da Pecuária Municipal 2019, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A região Sul concentrou 49,5% de todo o efetivo suíno do País, embora o rebanho local tenha recuado 2,4% em relação ao ano anterior. Santa Catarina é o Estado com maior número de animais, 7,6 milhões de suínos. O Paraná tinha 6,8 milhões de animais, e o Rio Grande do Sul somava 5,6 milhões.

O município de Toledo, no Paraná, foi o maior produtor nacional, com 1,2 milhão de animais, seguido por Rio Verde (Goiás), com 700 mil cabeças, e Uberlândia (Minas Gerais), com 624,5 mil animais.

Caprinos e ovinos - Entre os animais de porte médio, o País tinha 11,3 milhões de caprinos, alta de 5,3% ante 2018, e 19,7 milhões de ovinos em 2019, 4,1% a mais que no ano anterior.

A Região Nordeste concentra 94,6% da criação de caprinos e 68,5% do rebanho de ovinos. A Bahia é o principal Estado para ambas as criações, com 31,0% de todos os caprinos do País e 22,8% dos ovinos.

Dos 5.127 municípios com caprinos em 2019, os destaques foram Casa Nova, Juazeiro e Curaçá, todos baianos.

Entre os 5.313 municípios com ovinos, os rebanhos mais relevantes eram de Casa Nova (Bahia), Santana do Livramento (Rio Grande do Sul), Remanso (Bahia) e Juazeiro (Bahia).

Contato: daniela.amorim@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos