Agronegócios
21/05/2024 18:23

Gripe aviária: Tocantins vai mapear aves migratórias em parque estadual como forma de prevenção


São Paulo, 21/05/2024 - O governo do Tocantins vai realizar amanhã (22) o mapeamento de sítios de aves migratórias no Parque Estadual Cantão, localizado nos municípios de Caseara e Pium, como forma de prevenção da influenza aviária no Estado. Conforme nota do governo estadual, Tocantins não apresentou nenhum caso da doença, mas no Brasil já foram registrados 164 focos, a maioria deles em aves migratórias e nenhum em plantéis comerciais de aves.

A Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), com apoio do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), vai georreferenciar os locais de pouso dessas aves, avaliar e fazer a coleta de material, caso seja necessário, para prevenção da doença, bem como promover educação sanitária para os ribeirinhos saberem como lidar com aves suspeitas da enfermidade e como notificar a Adapec, diz a nota. "A partir do mapeamento, teremos uma base de dados mais completa que viabilizará outras ações e futuras visitas às áreas mapeadas", explica na nota o gerente de Sanidade Animal, Sérgio Liocádio.

O Tocantins é cortado por rotas de aves silvestres migratórias (rota Brasil Central) que passam ao longo dos Rios Araguaia e Tocantins. No Estado, também estão catalogados, pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), dois sítios de descanso para aves migratórias, que são a Ilha do Bananal e o Parque Estadual do Cantão.
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso