Agronegócios
29/06/2018 07:44

EUA: consumidores acusam gigantes de manipular preços da carne suína


Nova York, 29/06/2018 - A indústria da carne nos Estados Unidos está novamente sob ataque, por suposta conspiração. Consumidores de onze estados alegam que processadoras de carne de porco montaram um "esquema de fixação de preços" que inflacionou artificialmente os preços de salsichas, costeletas de porco e outros produtos à base de suínos na última década.

Os consumidores, representados pelo especialista em ação coletiva Hagens Berman Sobol Shapiro LLP, acusam gigantes do setor de carnes como Smithfield, Tyson e Hormel de acompanharem a produção de suínos de cada um através de uma ferramenta de análise do setor chamada Agri Stats, ajudando-os a calibrar o processamento para sustentar o mercado e os preços da carne suína.

A ação, que se assemelha a uma outra batalha judicial em andamento sobre suposto conluio no segomento de aves, busca indenização respaldada por leis antitruste e de defesa do consumidor. Hormel pretende se "defender vigorosamente" contra as acusações; a Tyson se recusou a comentar; e a Smithfield disse que não tem nenhum comentário imediato a fazer. Fonte: Dow Jones Newswires.
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos