Agronegócios
13/06/2018 12:34

Boi/MT: com paralisação de caminhoneiros, abates caem 29% em maio ante maio/2017


São Paulo, 13/06/2018 - O número de bovinos abatidos em Mato Grosso (Estado com o maior rebanho do País) em maio passado só não foi menor do que o registrado em abril de 2017, mês seguinte à Operação Carne Fraca, quando uma série de indústrias suspendeu temporariamente as atividades. A informação é do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea), em nota divulgada hoje.

Conforme o Imea, o Estado abateu 338,4 mil cabeças, queda de 29% em relação a maio do ano passado e de 19% ante abril. "Pelo segundo ano consecutivo a bovinocultura de corte sofreu um 'baque' de fora da porteira", disse o Imea em relatório.

Segundo o Imea, historicamente maio apresenta um volume maior de abates em relação a abril no Estado. No entanto, a paralisação dos caminhoneiros durante as duas últimas semanas do mês contribuiu para que em 2018 essa tendência não ocorresse. "Como esta situação é atípica, a tendência é que os animais que não foram abatidos durante esse período sejam realocados para junho e julho, podendo pressionar assim o mercado do boi gordo nas próximas semanas", acrescenta o instituto. (Camila Turtelli, camila.turtelli@estadao.com)
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos