Agronegócios
11/04/2019 09:46

CNA: pesquisa aponta crédito rural, custo de produção e logística como demandas prioritárias


Ribeirão Preto 11/04/2019 - Pesquisa da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) aponta que crédito rural, custo de produção menor, além de logística e infraestrutura são as três principais demandas do produtor rural brasileiro. Levantamento "Produtor, o que você precisa?" foi feito entre 1º de março e 5 de abril com 1.282 agropecuaristas cadastrados no sistema da CNA. As respostas foram múltiplas, a margem de erro é de 3 pontos porcentuais e o nível de confiança é de 95%.

O levantamento que aponta o crédito como o maior entrave ao produtor será encaminhado Ministério da Agricultura no momento em que o governo federal estudar mudanças no direcionamento de recursos ao Plano Agrícola e Pecuário 2019/2020. A ideia é reduzir o subsídio ao crédito e fomentar recursos ao seguro rural.

No setor rural em geral - agricultura e pecuária -, para 59,93% dos produtores o crédito rural é a maior demanda, seguida do custo de produção, com 49,71%; logística e infraestrutura, com 40,97%; qualificação da mão de obra, com 36,19%, e questões ambientais, com 35,2% dos que responderam. Essa mesma ordem de cinco prioridades aparece nas respostas segmentadas entre o produtor agrícola e o pecuarista. O crédito é a demanda principal para 59,13% dos agricultores e para 61,96% dos pecuaristas.

Na sexta colocação entre as prioridades do setor agropecuário em geral está a segurança jurídica, com 22,26% das citações, mesma posição entre as demandas dos pecuaristas, com 23,21%. No entanto, para os agricultores, mais intensivos em mão de obra, as questões trabalhistas são a sexta maior prioridade, com 22,24%. As outras demandas mostradas pela pesquisa são menos criminalidade no campo, as questões do endividamento e fundiárias.



Entre as principais culturas, o crédito rural lidera como principal demanda para os produtores de café (55,56%), cana-de-açúcar (54,55%), frutas (61,54%), grãos (61,98%), bovinos de corte (60,25%), bovinos de leite (64,85%), caprinos e ovinos (71,11%) e suínos (69,23%). O custo de produção lidera entre horticultores, com 66,04% das respostas e entre os avicultores, com 63,16%. Na silvicultura (florestas plantadas), as questões ambientais são a maior problema, com 80% das respostas, e qualificação da mão de obra lidera entre os aquacultores, com 75%.

O documento será entregue nesta manhã pelo presidente da CNA, João Martins, ao secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Marcos Montes, na abertura do Painel sobre o selo de integridade da Pasta, na sede da CNA, em Brasília (DF). (Gustavo Porto - gustavo.porto@estadao.com)
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos