Agronegócios
25/06/2018 16:32

Milho/Pessôa: Mato Grosso do sul deve colher 63,5 sacas de milho por hectare


São Paulo, 25/06/2018 - As lavouras de milho segunda safra (safrinha) no Estado de Mato Grosso do Sul devem ter produtividade média de 63,5 sacas por hectare na temporada 2017/18, abaixo das 91 sacas por hectare colhidas na safra 2016/17. “Claramente houve redução de investimento, principalmente no sul do Estado", disse o sócio diretor da Agroconsult, André Pessôa, em balanço sobre o Eally da Safra 2018. Segundo ele, foi também a região sul do Estado que mais sofreu com a seca de mais de 40 dias. Pessôa disse que, de modo geral, o plantio no Estado ocorreu fora da janela ideal, se estendendo até o fim de abril. As lavouras mais afetadas pela falta de umidade foram cultivadas depois de 20 de fevereiro.

Para Goiás, a consultoria prevê uma produtividade média de 88 sacas por hectare, contra 100 sacas por hectare na safra passada. Pessôa afirmou que boa parte das plantações do Estado foi semeada dentro da janela ideal e que as chuvas que atingiram Goiás em meados de abril garantiram o potencial das lavouras. “Nós esperávamos encontrar uma produtividade média de 70 a 75 sacas por hectare. Ou seja, o resultado foi acima da nossa expectativa”.

Pessôa disse que Goiás, apesar de ter neste ano rendimento médio inferior ao da safra passada, apresenta um resultado muito superior às 59 sacas por hectare registradas em 2015/16. (Clarice Couto - clarice.couto@estadao.com)
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos