Agronegócios
14/03/2019 14:12

Nordeste: Ministério da Agricultura traça ações para desenvolvimento agropecuário da região


São Paulo, 14/03/2019 - A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, reuniu-se hoje com seus secretários e também com a Embrapa Territorial para traçar estratégias de desenvolvimento agropecuário para o Nordeste, informou a pasta, em nota. Segundo a ministra, a região é "estratégica" para o governo Bolsonaro. Ela recomendou, ainda, que as propostas sejam formuladas "com o pé no chão", sem promessas que não possam ser cumpridas.

No encontro, o chefe da Embrapa Territorial, Evaristo de Miranda, apresentou um detalhado levantamento sobre a caatinga nordestina, que disse considerar a região com a maior diversidade do Brasil. A Embrapa elegeu oito microrregiões da caatinga prioritárias para o estudo, uma em cada Estado do Nordeste ¬ exceto o Maranhão, onde a vegetação predominante é o cerrado.

Essas oito microrregiões abrangem 106 municípios, com 10% da área da caatinga. São todas com alto potencial de desenvolvimento agropecuário: Euclides da Cunha e imediações, na Bahia; Araripina, em Pernambuco; Vale do Açu, no Rio Grande do Norte, Batalha, em Alagoas; Cariri Oriental, na Paraíba; Sergipana do Sertão do São Francisco, em Sergipe; Alto Médio Canindé, no Piauí; e Baixo Jaguaribe, no Ceará.

A ministra disse, ainda, que não só a Agricultura, mas todo o governo está trabalhando para desenvolver ações para o semiárido na formulação de políticas para fortalecer ações que levem mais desenvolvimento à caatinga. (Tânia Rabello - tania.rabello@estadao.com)
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos