Agronegócios
28/11/2022 07:45

Café: produtor de Conceição da Aparecida (MG) vence concurso de qualidade da Cooxupé


São Paulo, 28/11/2022 - O café do produtor Marcelo Miguel Madeira ficou em primeiro lugar no Programa Especialíssimo, premiação da Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé (Cooxupé) e da SMC Specialty Coffees. A produção vem da cidade de Conceição da Aparecida, sul de Minas Gerais. O Especialíssimo premia os 50 lotes selecionados. Em 2022, o valor total distribuído entre os cooperados que atenderam ao programa foi de R$ 330 mil. A cerimônia de premiação dos melhores cafés da Safra 2022 na região de atuação da cooperativa, que abrange cerca de 17 mil produtores associados, ocorreu na noite de sexta-feira (25), em Guaxupé, cidade também do sul de Minas onde a cooperativa tem a sua matriz.

O cooperado campeão, premiado com R$ 50 mil, conquistou pontuação de 90,29. O segundo melhor café especial é de Tarcísio Rodrigues Nunes, com a nota 89,79. Ele foi premiado com R$ 30 mil. O lote produzido vem de Santa Rosa da Serra, município ligado à Unidade do Rio Paranaíba da Cooxupé, no cerrado mineiro.

Já o café especial de Weberti Pereira Guimarães, de Serra do Salitre, também do cerrado de Minas Gerais, conquistou a terceira colocação, formando o “Top 3” desta edição do Programa ao conquistar a pontuação 89,27. O cooperado foi premiado com R$ 20 mil.

O presidente da Cooxupé, Carlos Augusto Rodrigues de Melo, disse em nota que "desde 2019, quando começamos a premiar os melhores lotes da safra da Cooxupé por meio do Especialíssimo, estamos incentivando nossos cooperados a produzir qualidade que, consequentemente, traz maior rentabilidade e valor agregado".

O Especialíssimo é um programa que seleciona os 50 melhores lotes de cafés, entre Natural e Cereja Descascado, produzidos sempre na safra atual, na área de atuação da Cooxupé: Sul e Matas de Minas, Cerrado mineiro e média mogiana do estado de São Paulo.

Todo café depositado na Cooxupé - ao passar pela classificação e ser identificado com uma pontuação acima de 83 (ranking da SCA -- Specialty Coffee Association) - é encaminhado para a SMC (Specialty Coffees), empresa da cooperativa, com atuação no mercado de cafés especiais, que faz a validação das características deste tipo de café como, por exemplo: aroma, acidez, doçura, umidade do grão e outros atributos que influenciam na seleção.

Além da pontuação do café, o produtor também precisa atender a outros requisitos, dentre eles estar alinhado às boas práticas na produção e na colheita e ter, no mínimo, 75% de resultado no questionário de Diagnóstico de Sustentabilidade do Cooperado. O café selecionado tem a oportunidade de integrar blends específicos para a produção de séries especiais, produzidas pela Torrefação da Cooxupé, e que alcançam o varejo nacional de café torrado e moído.
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso