Agronegócios
05/02/2021 12:44

Café/Emater: com safra menor, produtor deve montar estratégia para garantir entrega do grão


São Paulo, 05/02/2021 - Os cafeicultores que negociaram o produto antecipadamente, antes da colheita, que começa em abril, vão precisar encontrar estratégias para entregar o produto aos compradores, na avaliação do gerente regional da Emater de Minas Gerais em Guaxupé, Willem de Araújo. Segundo ele, os grãos que não caíram pela escassez de água deverão ter um desenvolvimento menor, com impacto direto na qualidade final da bebida. "Vai ficar difícil para o produtor honrar os compromissos. Vai ter um volume menor e os grãos também não estarão num bom padrão. Então, pra compensar, teriam que entregar uma quantidade maior. Vai ser um ano muito complicado pra cafeicultura", disse Araújo em nota.

Segundo ele, o déficit hídrico no ano passado causou abortamento das flores e, em janeiro, na fase de enchimento dos frutos, os poucos que tinham vingado caíram, devido aos 15 dias sem chuva. "E seria justamente o período em que os frutos precisariam de água, para crescer", explicou.

O gerente da Emater-MG em Guaxupé, uma das maiores regiões produtoras de café de Minas, relatou que os técnicos da empresa estão em contato com os produtores, para orientar sobre medidas de enfrentamento desta crise. Araújo cita como uma das alternativas o chamado “crédito consciente”, com utilização bem planejada dos recursos.

“Estamos discutindo com os cafeicultores, para buscar alguma alternativa de financiamento, para comercializar numa época melhor. Quem puder ter seguro também é bom investir nisso. E, como sempre alertamos, é preciso atenção para a qualidade do produto, porque pode alcançar um preço melhor no mercado e compensar o volume menor de produção”, aconselha o gerente da Emater-MG.
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Siga nossas redes: