Economia & Mercados
13/09/2022 17:45

Exclusivo: Latam Brasil transportou 2,7 milhões de passageiros em agosto, uma alta de 50%


Por Juliana Estigarríbia

São Paulo, 12/09/2022 - A Latam atingiu 2,7 milhões de passageiros transportados no mercado doméstico no Brasil em agosto, um aumento de 50% sobre igual intervalo do ano passado. Para setembro, a companhia projeta um crescimento de 40% da oferta doméstica de voos (medida em assentos disponíveis por quilômetro, ou ASK, no jargão do setor) na comparação com igual intervalo de 2021. Segundo a aérea, o crescimento se deve à resposta dos clientes ao aumento da malha da companhia.

A Latam espera alcançar, em setembro, 89% da oferta total pré-covid, que considera voos domésticos e internacionais. Em maio, a empresa já havia superado o nível de capacidade pré-pandemia no segmento doméstico.

De acordo com a Latam, Goiás, Minas Gerais e Paraná foram os estados que tiveram crescimento acima da média em agosto. Em 2022, a empresa alcançou a marca inédita de 54 destinos brasileiros, contra 44 antes da pandemia. As recentes estreias incluem Presidente Prudente (SP), Montes Claros (MG), Juiz de Fora (MG), Cascavel (PR), Caxias do Sul (RS) e Sinop (MT).

Globalmente, a Latam espera retomar 85% da oferta (ASK) pré-pandemia até o fim do ano. Somente em setembro, o grupo chileno projeta alcançar 81% da operação global do mesmo período de 2019. A previsão é operar cerca de 1.290 voos diários - domésticos e internacionais - durante o mês de setembro, conectando 142 destinos em 22 países.

As companhias aéreas vêm reportando crescimento contínuo da demanda por voos. Nesta segunda-feira, a Azul divulgou aumento, em agosto, de 21,5% do tráfego de passageiros consolidado (medido em passageiro-quilômetro pago, ou RPK) em relação a igual intervalo do ano passado, com um avanço de 16,5% da capacidade (ASK). Com isso, a taxa de ocupação alcançou 81,3% no mês, alta de 3,4 pontos porcentuais sobre agosto de 2021.

Já a Gol elevou, no mês passado, sua oferta total (ASK) em 43,9% em relação a igual intervalo de 2021, com um aumento da demanda total (RPK) de 46,3% na mesma base de comparação. Com isso, a taxa de ocupação da aérea em agosto foi de 81,5%.

Contato: juliana.estigarribia@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso