Economia & Mercados
16/04/2018 08:11

Embraer reitera que mantém conversas com Boeing, mas não há definição no momento


A Embraer reitera que matem com a Boeing Co. entendimentos, "inclusive por meio do grupo de trabalho do qual o governo Brasileiro participa", sobre potencial combinação de negócios. O posicionamento vem em resposta a notícia publicada no Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado no dia 12 e veiculada pelo jornal O Estado de S. Paulo no dia seguinte de que o governo brasileiro propõe que a Embraer tenha ao menos um representante no conselho de administração da nova companhia e que sua participação seja em torno de 20% e não 10% como proposta pela Boeing.

A fabricante brasileira de aeronaves esclarece que "até o momento não há definição acerca da estrutura de participação da Embraer e tampouco da governança de possível nova sociedade que venha a ser criada caso venha a ser implementada a referida combinação de negócios."

A implementação da estrutura de participação estará sujeita à aprovação não somente do governo brasileiro, explica a Embraer, mas também dos órgãos reguladores nacionais e internacionais e dos órgãos societários das duas companhias.

"Por fim, a Companhia não tem como comentar as intenções do Governo Brasileiro mencionadas na notícia", conclui o comunicado.
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos