Economia & Mercados
13/09/2022 18:33

ONU: exportação de fertilizantes russos necessários ainda está baixa


As exportações de alimentos da Ucrânia e da Rússia aumentaram desde que foi firmado um acordo em 22 de julho, mas ainda são baixas as exportações de fertilizantes, de acordo com informações divulgadas nesta terça-feira, 13, pelas Nações Unidas (ONU).

A chefe de comércio da ONU, Rebeca Grynspan, que lidera a equipe que tenta facilitar acesso global a alimentos e fertilizantes russos, disse que a Rússia relatou um aumento de 12% nas exportações de alimentos de junho a julho. Mas apesar deste "progresso importante", a ONU está preocupada com as exportações de fertilizantes necessárias até outubro e novembro, o último para o plantio de safra do hemisfério norte.

Fertilizantes custam agora três vezes mais do que o preço antes do COVID-19. A pandemia atingiu o início de 2020, disse Grynspan, acrescentando que "a crise da acessibilidade que temos agora será uma crise catastrófica se não resolvermos o problema do fertilizante", concluiu.
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso