Economia & Mercados
06/05/2022 16:10

Acionistas de Spac nos EUA aprovam fusão com Eve da Embraer; empresa vai se listar na Nyse


Por Altamiro Silva Júnior e Aline Bronzati

São Paulo, 06/05/2022 - Acionistas da norte-americana Zanite, uma companhia de propósito específico de aquisição (Spac, na sigla em inglês) focada no setor de aviação, aprovaram no começo da tarde de hoje a combinação de negócios com a Eve, startup de "carros voadores" da Embraer, em assembleia virtual acompanhada pelo Broadcast. O movimento é o que faltava para a empresa resultante da combinação de negócios colocar os pés na Bolsa de Valores de Nova York (Nyse).

Com a fusão, o nome da Zanite passa a ser Eve Holding. A Eve vai ser listada na Nyse com o símbolo "EVEX".

A Embraer e a Eve farão um anúncio na próxima terça-feira, dia 10, em Nova York. No mercado, a agenda disparou a expectativa de que a empresa de carros voadores comunique a listagem de suas ações nos Estados Unidos. O local e o tema do evento não foram comunicados pelas empresas. No entanto, vai reunir a nata de ambas. Estarão presentes na ocasião o CEO da Embraer, Francisco Gomes Neto, e os dois CEOs da Eve: Andre Stein e Jerry DeMuro.

"Cada uma das propostas apresentadas aos acionistas nesta reunião foi aprovada", disse um dos executivos da Zanite no final da reunião de acionistas, que puderam votar de forma antecipada nos últimos dias. Não foi informado o porcentual de aprovação dos acionistas em cada item, o que deve ocorrer em documento a ser enviado aos reguladores americanos na semana que vem, com os resultados finais da votação.

A assembleia extraordinária aconteceu nesta sexta-feira, de forma virtual, com início às 11h pelo horário da costa leste dos EUA. A reunião durou apenas 10 minutos, com a aprovação da combinação dos negócios e de outras pautas, como o aumento do número de ações Classe A da Zanite de 100 milhões para 1 bilhão.

Na fusão, a Eve foi avaliada em US$ 2,4 bilhões e considerando o "equity value", ou seja, de suas ações no mercado, de US$ 2,9 bilhões, ambos maior do que o da própria fabricante cinquentenária de aeronaves, avaliada nesta sexta-feira em US$ 2,04 bilhões. A empresa de carros voadores foi criada pela Embraer e desenvolveu o veículo elétrico de decolagem e pouso vertical (eVTOL).

O Broadcast procurou as empresas e aguarda um posicionamento.

Contatos: altamiro.junior@estadao.com e aline.bronzati@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Siga nossas redes: