Economia & Mercados
05/08/2020 11:19

Klabin reduz prejuízo a R$ 383 milhões no 2º trimestre


Com destaque para o maior Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) trimestral ajustado de sua história, a Klabin reportou prejuízo líquido de R$ 383 milhões no segundo trimestre, indicando um resultado melhor do que prejuízo de R$ 3,1 bilhões do primeiro trimestre. Em igual período do ano anterior, a fabricante de papel para embalagens apresentou lucro de R$ 72 milhões.

Nos comentários da administração, a Klabin destaca que o resultado é reflexo de sua flexibilidade operacional, necessária para o ajuste de sua produção e vendas, bem como "a sua exposição comercial a setores resilientes da economia brasileira e mundial".

Na mesma base de comparação, o Ebitda ajustado da companhia cresceu 39%, somando R$ 1,333 bilhão. Ante o primeiro trimestre foi apurada expansão de 30%. A margem Ebitda ajustada, por sua vez, passou de 40% em março para 45% ao final de junho de 2020. A margem também apresentou melhora no comparativo anual, quando estava em 37%.

Impulsionada pelo maior volume de vendas e depreciação do real, a receita líquida da companhia atingiu R$ 2,956 bilhões no segundo trimestre, 14% acima do registrado um ano antes. O mesmo crescimento foi observado em relação ao trimestre anterior.

A alavancagem da empresa (em reais) caiu e 4,7 vezes em março para 4,5 vezes em junho. Em dólar, esse indicador caiu de 3,7 vezes para 3,6 vezes.
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos