Economia & Mercados
30/06/2020 08:43

Shell prevê baixa contábil de até US$ 22 bilhões no balanço do 2º trimestre


A Royal Dutch Shell informou nesta terça-feira (30) que espera registrar baixa contábil após impostos de US$ 15 bilhões a US$ 22 bilhões no balanço do segundo trimestre, após revisar para baixo suas projeções de preços para o petróleo e gás no médio e longo prazos devido aos efeitos da pandemia de coronavírus. A petrolífera anglo-holandesa agora prevê que a cotação do petróleo tipo Brent estará em US$ 60 por barril no longo prazo. Às 5h10 (de Brasília), a ação da Shell caía 2,5% na Bolsa de Londres.
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos