Política
11/10/2017 16:50

STF retoma julgamento sobre medidas cautelares aplicadas a parlamentares


Brasília, 11/10/2017 - O Supremo Tribunal Federal (STF) retomou às 16h47 desta terça-feira a sessão em que a Corte julga Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) que defende a necessidade de medidas cautelares contra parlamentares serem autorizadas pela Câmara ou pelo Senado. Neste momento, a ministra Rosa Weber pronuncia seu voto.

Até antes do intervalo regimental de 30 minutos, apenas três dos 11 ministros tinham votado: Edson Fachin, relator do caso no Supremo; Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso. Por enquanto, o placar é de dois votos a um pela improcedência da ADI. Votaram contra a ação Fachin e Barroso. Moraes votou pela procedência da ação. (Igor Gadelha, Breno Pires e Beatriz Bulla)
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Político e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos