Política
07/10/2019 23:50

Gilmar Mendes: Lula não tem esse direito de não querer sair da cadeia


Por Daniel Galvão

São Paulo, 07/10/2019 - O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse há pouco, em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não tem o direito de não querer sair da cadeia. Gilmar Mendes afirmou acreditar que há um pouco de "recurso de retórica" na manifestação de Lula.

O ministro declarou também que o que chama a atenção no episódio é o fato de os procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato terem oferecido o regime semiaberto ao ex-presidente. "Nunca foram legalistas, mas agora se convenceram porque era conveniente aliviar a pressão que existe sobre o tema", afirmou.

Delação premiada

Gilmar Mendes defendeu ainda o aperfeiçoamento do instrumento da delação ou colaboração premiada. "É preciso o instrumento da delação ou colaboração premiada, mas precisa passar por aperfeiçoamento", disse.

"Hoje, no Congresso há proposta de se rever a delação. Nós temos que discutir isso porque se prestou, com certeza, a abusos", declarou.

Moro

O ministro do STF disse ainda ter a impressão de que o então juiz federal Sérgio Moro, atual ministro da Justiça e Segurança Pública, atuava na Operação Lava Jato com "indicação de testemunha, combinações, escalar procurador para atuar". "Há muitos elementos nos autos, a defesa do Lula vem discutindo isso desde o começo e vamos ter que analisar."

Mas Mendes ponderou que reconhece o trabalho de Moro como juiz. "Não é minha opinião que vale se Moro tem condições de ser ministro do Supremo", disse, no entanto.

Contato: daniel.galvao@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Político e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos