Política
26/10/2020 16:56

CNT/MDA: 46,9% querem aguardar resultados sobre eficácia para se vacinar contra covid


Por Daniel Weterman

Brasília, 26/10/2020 - Os brasileiros se dividem sobre uma possível vacina contra a covid-19, indica pesquisa da Confederação Nacional do Transporte (CNT) com o Instituto MDA publicada nesta segunda-feira (26). O levantamento aponta que 46,9% dos entrevistados querem aguardar os resultados em outras pessoas para só então se vacinar. Por outro lado, 40,8% desejam receber a dose assim que disponível.

A farmacêutica AstraZeneca anunciou que o imunizante contra o coronavírus desenvolvido pela Universidade de Oxford produz resposta imunológica similar em adultos mais velhos e mais jovens e tem reações adversas menores entre os idosos, sinalizando um avanço importante e indicando um progresso promissor para os pesquisadores.

A compra de uma vacina pelo País é contestada pelo presidente Jair Bolsonaro. Nesta segunda-feira, Bolsonaro afirmou que o Brasil não pode ter pressa para financiar as doses. Ele questionou ainda se não seria melhor investir em remédios em vez de uma vacina, que teria o poder de prevenir contra a doença. Na coleta da CNT/MDA, 11,7% responderam que não desejam tomar o imunizante.

Para a maioria dos entrevistados (59,5%), será possível ter acesso a uma dose da vacina em 2021. Nesse cenário, a retomada das aulas presenciais é vista com preocupação. A estatística aponta que 81,1% dos pais ainda não se sentem seguros para enviar os filhos para a escola.

Contato: daniel.weterman@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Político e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos