Política
15/11/2020 16:39

TSE/Barroso: Só mudaremos urna eletrônica para dispositivo pessoal se houver segurança


Por Amanda Pupo e Gregory Prudenciano

Brasília, 15/11/2020 - O sistema de votação por meio de urnas eletrônicas só será substituído por outro, como pelo dispositivo pessoal, se houver segurança absoluta, garantiu o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso. Atualmente, a Corte Eleitoral toca o projeto ‘Eleições do Futuro’, no qual empresas de tecnologia apresentam novas propostas de modelos de votação digital. Neste domingo (15), Barroso visitou em Valparaíso de Goiás (GO) quatro dessas demonstrações em uma votação fictícia.

“Mesmo que se venha mudar o sistema para um sistema de votação puramente digital, isso vai ser implantado progressivamente e com testes, e só vamos mudar do sistema de urnas eletrônicas para o sistema digital no dispositivo digital se e quando houver segurança absoluta”, afirmou Barroso em coletiva de imprensa.

O motivo pelo qual o TSE busca uma alternativa às urnas eletrônicas é o custo desses dispositivos, já que a cada eleição a Justiça Eleitoral precisa repor 20% das urnas. “Com aumento do dólar isso significa aproximadamente R$ 1 bilhão. Para minimizar esse custo estamos tentando modelo alternativo de preferência de voto pelo dispositivo pessoal, sem mencionar que a licitação das urnas também é procedimento tormentoso”, explicou o ministro.

O presidente do TSE explicou que 31 empresas se apresentaram para oferecer novos modelos tecnológicos, e que todos eles serão propostos ao TSE. “Vamos nos reunir com os ministros Edson Fachin e Alexandre de Moraes, que serão responsáveis pela organização das eleições de 2022. Evidentemente se houver proposta interessante e factível vamos começar a pensar em forma de implantação do novo produto”, disse Barroso, destacando, no entanto, que nesse momento uma mudança é “puramente” especulativa. “Uma eventual substituição terá que ser progressiva também”, observou.
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Político e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Siga nossas redes: