Política
13/03/2018 17:01

Temer: se até setembro as coisas se tranquilizarem no Rio podemos aprovar a Previdência


São Paulo, 13/03/2018 - O presidente Michel Temer afirmou há pouco que a intervenção das Força Armadas no Rio de Janeiro poderá não ser mais necessária em setembro e que, por isso, a discussão sobre a reforma da Previdência no Congresso poderia ser retomada nesse mês.

"Acho que até setembro as coisas possam estar mais tranquilas no Rio", disse o presidente, durante evento da Federação das Associações Comerciais de São Paulo. "Se até setembro as coisas se tranquilizarem no Rio de Janeiro, podemos aprovar a reforma da Previdência", acrescentou.

Para Temer, a intervenção no Rio foi necessária porque há no Brasil um direito fora do Estado. Ele afirmou também que a medida tem o apoio de 84% das população e citou a criação do Ministério da Segurança Pública. "O Rio é uma vitrine, de modo que se enfrentarmos o problema lá, resolvemos o resto do País", disse. (Francisco Carlos de Assis e André Ítalo Rocha - andre.italo@estadao.com)
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Político e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos