Política
13/02/2020 12:40

Líder do Cidadania critica antecipação da corrida para a presidência da Câmara


Por Emilly Behnke e Camila Turtelli

Brasília, 13/02/2020 - A antecipação de candidaturas de deputados à presidência da Câmara é criticada pelo novo líder do Cidadania, deputado Arnaldo Jardim (SP). "O Cidadania tem uma convicção de que nós devemos evitar essa discussão e que nós vamos inclusive recriminar quem antecipar isso", declarou. Para o deputado, como o novo presidente da Casa será escolhido apenas no início de 2021, futuras candidaturas neste momento "tiram o foco" da possibilidade de aprovação de "matérias importantes", como a tributária e a administrativa. "Acho que essa atitude de lançar e discutir candidatura é um desserviço neste instante. Nós não podemos fazer isso", disse.

O primeiro semestre, antes das eleições municipais, deve ser um período de foco para progredir nas pautas prioritárias, segundo Jardim. Ele antecipou, contudo, que buscará, no momento oportuno, um candidato com o "perfil de Maia", que fortaleça o Legislativo e busque equilíbrio em discussões de cada pauta.

"O (Rodrigo) Maia muitas vezes se compôs mais à esquerda para isolar, em determinados momentos, núcleos mais conservadores. Se compôs com núcleos conservadores, particularmente, na pauta econômica, para isolar o corporativismo ou a visão contra reformas de setores mais de esquerda. Ele fez uma coisa de equilíbrio", comentou.

contato: emilly.behnke@estadao.com e camila.turtelli@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Político e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos