Política
06/11/2019 22:47

Câmara segue análise de destaques à MP do FGTS


Por Camila Turtelli

Brasília, 06/11/2019 - O plenário da Câmara segue analisando os destaques à medida provisória que cria novas modalidades de saque de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O texto-base foi aprovado em votação simbólica e, até o momento, nenhum dos destaques protocolados foi aceito pelos deputados.

Nesse momento, a Casa analisa destaque do PDT que pretende excluir a permissão dada ao trabalhador para antecipar, junto a bancos e mediante desconto de ágio, o saque-aniversário, ao qual tem direito somente uma vez ao ano.

Mais cedo, outro destaque do PDT já foi rejeitado. O partido queria retirar do texto a possibilidade de uso de recursos do FGTS, após aprovação do Conselho Curador do fundo, em fundos de investimento, mercado de capitais e títulos públicos e privados, proibida a participação do FGTS como único cotista.

O líder do Novo, Marcel Van Hattem (SP), queria acabar com o limite de retiradas na modalidade saque-aniversário.

O plenário rejeitou também emenda do deputado Paulo Pimenta (PT-RS) para diminuir de dois anos para um mês a carência de prazo no pedido de alteração da modalidade de saque que trabalhador pode escolher: modelo atual de saque ou saque na data do aniversário.

Contato: camila.turtelli@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Político e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos