PR Newswire Economia
15/10/2020 04:39

A Huawei lança soluções de conectividade inteligente para todos os cenários


A Huawei lança soluções de conectividade inteligente para todos os cenários

PR Newswire


PEQUIM, 15 de outubro de 2020 /PRNewswire/ -- Hoje, a Comissão de Banda Larga das Nações Unidas e a Huawei realizaram on-line o sexto Ultra-Broadband Forum (UBBF 2020) em Pequim. Com o tema "Conectividade Inteligente, Novo Valor Juntos", neste ano o UBBF discutiu os desafios e oportunidades enfrentados pelo setor de conectividade na era inteligente.


No evento, David Wang, Executive Director da Huawei e Chairman do Investment Review Board, fez um discurso intitulado "Construindo conectividade inteligente para um mundo inteligente". O Sr. Wang também lançou soluções da Huawei para conectividade inteligente em todos os cenários, tanto domésticos como corporativos. Por meio desses cenários, a banda larga residencial entrará na era em que experimentará economia e a transformação digital das empresas será acelerada.


David Wang, Executive Director da Huawei, lança soluções de conectividade inteligente para todos os cenários (PRNewsfoto/Huawei)


O setor de conectividade está presenciando cinco mudanças empolgantes 


Cada atualização de conectividade transformou a sociedade profundamente. Agora, ao caminharmos em direção à era inteligente, os indivíduos, residências e empresas estão criando exigências de conectividade mais altas do que nunca, e novas tecnologias, como nuvem e IA, estão sendo integradas rapidamente à conectividade. Isto está levando o setor de conectividade a vivenciar cinco empolgantes mudanças:


Mudança 1: De IoT e IoT inteligente para Gêmeos Inteligentes conectados. No passado, nosso objetivo era conectar todas as pessoas e residências. Isso era a Internet das coisas. Enquanto procuramos uma vida de IA contínua e as atualizações inteligentes de empresas, devemos conectar mais coisas com inteligência. Isso é a Internet inteligente das coisas. De acordo com previsões de terceiros, o número de conexões no mundo chegará a 1 trilhão até 2035, tornando uma realidade a conectividade onipresente e a inteligência disseminada.


Mudança 2: de escritório para escritório + produção. A COVID-19 transformou as necessidades das pessoas com relação à banda larga residencial. Nos cenários corporativos, a conectividade foi além de atender escritórios para atender tanto escritórios quanto produção. O foco da digitalização empresarial mudou do escritório digital para a produção digital, transações e operações.


Mudança 3: do melhor esforço para serviços determinantes diferenciados. Os setores variam em termos de cenários de serviço e de requisitos de conectividade. Se serviços diferenciados são padrão, então a experiência determinística é uma necessidade. Portanto, os operadores só podem abrir a porta para mercados verticais ao oferecer serviços diferenciados e determinados.


Mudança 4: de Mbps a Gbps por qualquer meio. Existem tecnologias de múltiplo acesso, incluindo tecnologias de celular, Wi-Fi e de fibras ópticas, e a diversidade de cenários de serviço significa que tecnologias de múltiplo acesso coexistirão por muitos anos ainda. Por meio de esforços concertados no setor, as tecnologias 4G, 5G, Wi-Fi e fibra podem agora fornecer conectividade gigabit em todo lugar.


Mudança 5: de O&M manual à hiper automação. O 5G tornará a rede O&M mais complexa do que o 4G. O O&M manual será inadequado para lidar com essas complexidades, e dará lugar para a hiperautomação alimentada por big data e IA para simplificar a tomada de decisão de O&M.


Mudando para conectividade inteligente com IA 


Essas cinco mudanças estão criando novas exigências de conectividade. Para atender a essas exigências e alcançar maior produtividade, a conectividade deve ser atualizada para o nível seguinte.


O primeiro requisito é gigabit onipresente, pois a largura da banda é a base da conectividade. Conectividade gigabit onipresente é necessária para vídeo ultra-HD, aplicações industriais VR/AR, câmeras IA e drones.


O segundo requisito é experiência determinística, que é essencial em cenários residenciais como telecomutação e ensino on-line, bem como em cenários empresariais como produção segura e confiável.


O terceiro requisito é hiper automação. À medida em que as redes avançam em termos de complexidade e escala, big data e IA devem ser usadas para alcançar a hiper automação.


Na era inteligente, a conectividade inteligente assumirá três características importantes: gigabit onipresente, experiência determinística e hiperautomação.


Soluções de conectividade inteligente para todos os cenários da Huawei 


Durante o evento, o Sr. Wang lançou as soluções da Huawei de conectividade inteligente para todos os cenários, incluindo soluções de acesso inteligente distribuído para residências, bem como redes de campus inteligente, linhas privadas premium inteligentes e soluções de rede em nuvem inteligente para empresas.

  • Acesso distribuído inteligente: Esta solução atualizou de modo abrangente dispositivos residenciais, a ponta local e a gestão de rede. Com cobertura de Wi-Fi gigabit em todas as dependências, experiência de serviço de alta qualidade e identificação precisa do usuário, o acesso distribuído inteligente permitirá que as operadoras se beneficiem mais da experiência de rede do que da base de usuários.
  • Redes de campus inteligentes: Graças à gestão central de LAN e WAN, acesso Gbps e O&M inteligente com base em IA, as redes de campus inteligentes permitem às operadoras fornecer soluções de rede em balcão único para empresas à medida que elas mudam para a nuvem.
  • Linhas privadas premium inteligentes: Esta solução reduz muito a latência graças à tecnologia de comutação totalmente óptica, permitindo às operadoras oferecer aos usuários corporativos de alta gama 1ms de latência ultrabaixa e a experiência definitiva. Construídos com base na tecnologia de OTN líquida, os tubos rígidos flexíveis suportam acesso de largura de banda flexível que varia de 2 Mbps a 100 Gbps e ajuste de serviço sem perdas. Além disso, linhas privadas premium inteligentes conectam clientes corporativos a redes privadas ao nível de comprimento de onda por meio de recursos exclusivos de comprimento de onda ou de subcomprimento de onda.
  • Redes de nuvem inteligentes: Esta solução pretende criar sinergia entre a nuvem e a rede na era da nuvem. Com base em redes de IP inteligentes, redes de nuvem inteligente construirão uma rede privada de nuvem de alta qualidade, permitindo que as empresas acessem múltiplas nuvens.

"Nos últimos 30 anos, a Huawei trabalhou com clientes e parceiros para criar uma vida de IA contínua para todas as residências e conduziu as atualizações inteligentes para todos os setores. Nosso objetivo principal é desenvolver a economia digital e melhorar a vida das pessoas," disse o Sr. Wang.


"Por meio de investimento contínuo em 5G, Rede Óptica e Inovação melhorada IPv6, lançamos hoje nossas soluções de conectividade inteligente para todos os cenários. Essas soluções tornarão mais ecológicas e mais eficientes as redes de ultra banda larga, e criarão um mundo mais inteligente. Prosseguindo, redobraremos nossos esforços em pesquisa básica, investiremos mais em tecnologias de rede de última geração e trabalharemos com todas as partes interessadas para formatar um mundo com baixo teor de carbono, eficiente e inteligente."


O UBBF é o principal evento global do setor ICT. No evento deste ano, discursaram convidados da China Mobile, FTTH Council Europe, TechUK, Ernst & Young Advisory Limited, IPv6 Forum, SAMENA Telecommunications Council e Omdia.


Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1312605/Huawei_Executive_Director_David_Wang.jpg


 


FONTE Huawei

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos