Releases
11/05/2021 17:06

Tecnologia: qual sua influência na advocacia?


Rio de Janeiro--(DINO - 11 mai, 2021) - A palavra 'advogado' é acompanhada do significado de patrono, defensor e procurador da causa. O ato de exercer direitos legais está entre as profissões mais antigas do mundo: o curso de Direito foi um dos primeiros criados no Brasil, em 11 de agosto de 1827 por Dom Pedro I.

Ainda que em voga por muito tempo, a profissão e seus desenvolvimentos evoluíram com o passar do tempo, utilizando como apoio a tecnologia e suas facilidades. Nos tempos atuais, diante de um mundo digitalizado, acontece uma das principais revoluções dos tribunais: agora, os processos podem ser eletrônicos, possibilitando a automatização das petições, expedições de mandados, guias e certidões.

O movimento que traz a internet para dentro dos tribunais e suas resoluções é conhecido como 'Advocacia 4.0'. Com inovações, o novo cenário espera contribuir em toda a gestão dos mais de 80 milhões de processos que, atualmente, compõem o sistema judiciário brasileiro. Para isso, Inteligência Artificial, Automação Robótica de Processos e Jurimetria são utilizados.

Sendo assim, fica claro que o novo formato não só facilita os processos em todas as suas etapas, como também promete aumentar a produtividade na advocacia, reduzindo tempos de repasse e entregando mais agilidade. E espera-se que a aquisição do processo seja feita em larga escala: de acordo com estudo da Zion Market Research, o investimento em IA no Direito deve ter aumento de mais de 1.000% nos próximos cinco anos.

Como anda o mercado de Direito?

A tecnologia e a inteligência artificial não só auxiliaram o crescimento da área e das tarefas nos escritórios de advocacia, como também permitem a automação e otimização de processos, gestão e organização da rotina desses profissionais. Segundo o Conselho Federal da OAB, existiam cerca de 1.119.000 advogados inscritos no Brasil, até 2019. Até agosto do mesmo ano, cerca de 1.635 faculdades ministravam o curso de Direito no país e 315.204 vagas foram disponibilizadas.

Para entender melhor como é a atuação destes profissionais, o Censo Jurídico publicou, pela ProJuris, uma pesquisa com dados de 615 advogados de todo o país. 43,4% dos profissionais são autônomos, enquanto 25,6% trabalham em escritórios de advocacia.

Além disso, pode-se observar que 46,2% trabalham na área cível, 11,1% na área trabalhista e 11,4% na área empresarial. E, dentre as tendências de tecnologia implementadas no dia a dia dos advogados, encontram-se a inteligência artificial, automação de tarefas e marketing digital. Segundo os dados, algumas plataformas surgem para facilitar os processos realizados.

Plataforma para advogados

A rotina de um advogado é intensa e exige suporte para aumentar a produtividade e absorver dados e prazos. 'A busca pela ajuda desses profissionais alcançam diversos segmentos e não param de surgir demandas, ou seja, a tecnologia aparece como grande aliada', diz Neemias Rocha, sócio-fundador da Jurisnow.

Para o especialista, é importante lembrar que o mercado exige a adaptação para esse novo cenário, e por isso, implementar os sistemas jurídicos automatizados pode ser uma solução.

'Com apoio da tecnologia, um advogado pode se dedicar aos estudos, assim como na aplicação de leis, teses e interpretações. Enquanto isso, uma plataforma pode fazer o trabalho burocrático de organização, atendimento e absorção de dados', explica Neemias.

Com missão de conectar o público com os advogados por meio de uma plataforma que busca trazer maior visibilidade e possibilidade para os profissionais autônomos, a Jurisnow deseja tornar a justiça mais acessível.

'Acreditamos que em meio a um momento onde empresários e a população tem precisado tanto de suporte jurídico, é imprescindível oferecer o acesso de maneira simples e ágil. Não obstante, muitos advogados têm tido dificuldades em se projetar no mercado e conseguir novos clientes', declara.

Desmistificando

A Jurisnow quer democratizar o sistema jurídico. Por isso, a empresa disponibiliza seu blog, escrito por advogados parceiros: o objetivo é levar conhecimento sobre as leis do Brasil e acentuar os direitos dos cidadãos. Além disso, também disponibiliza materiais para um canal no YouTube, demonstrando que o Direito não precisa ser complicado e que a tecnologia é uma importante aliada.

Para saber mais, basta acessar: www.jurisnow.com.br ou Instagram da marca: www.instagram.com/jurisnowbr

Website: http://www.jurisnow.com.br

Copyright © 2021 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos