Releases
13/03/2018 20:08

Levantamento de bigdata indica que Rio de Janeiro possui forte presença na imprensa latino-americana


Rio de Janeiro/ RJ--(DINO - 13 mar, 2018) - Rio de Janeiro, 28 de fevereiro de 2018 - Ao completar 453 anos de idade, o Rio de Janeiro comprova o seu poder no imaginário internacional e local. A cidade foi mencionada no último ano em uma parcela expressiva de posts e matérias do jornalismo online brasileiro e da América Latina. A capital fluminense lidera o ranking de menções a cidades brasileiras, segundo o levantamento da BigData Corp feito ao longo do último ano na imprensa online de língua espanhola - que compreende 269 mil sites jornalísticos e 663 mil blogs noticiosos na América Latina (excluindo o Brasil), Espanha e demais países onde se fala o espanhol - além de cerca de um milhão de páginas noticiosas brasileiras.

Depois da mídia brasileira, o segundo país a mais comentar o Rio em suas páginas noticiosas é o Uruguai, seguido pelos hermanos Argentina, Paraguai e Chile. "Para cada dez páginas de material noticioso no Brasil, dois, em algum momento, citam o Rio de Janeiro no Uruguai, e um cita a cidade no Chile", exemplifica Thoran Rodrigues, CEO da BigData Corp. "A penetração da capital paulista é significativamente mais tímida no exterior. Em nosso ranking, o primeiro país a citá-la é Portugal, em uma relação de 100 páginas no Brasil para apenas em 3 na "terrinha"", compara.

Na mídia brasileira, no entanto, a penetração das duas cidades é mais equiparada. Ao longo dos doze meses em que a pesquisa se realizou, para cada 100 matérias publicadas sobre São Paulo, 97 eram publicadas sobre o Rio de Janeiro nos sites de jornais e blogs noticiosos do País.

O levantamento da BigData Corp centrou-se no que a imprensa brasileira e internacional publicou na internet sobre algumas das principais capitais brasileiras, no período de janeiro de 2017 a janeiro de 2018. As informações foram colhidas em mais de dois milhões de páginas de sites noticiosos do Brasil e no mundo, em varreduras diárias. A metodologia usada parte da captura das informações contidas em sites, principalmente textos não-estruturados.

Em cima dos textos, técnicas de Named Entity Extraction (em português, extração de entidades nomeadas) foram aplicadas para identificar as cidades e os temas relacionados com as mesmas. Após a extração das entidades, a exposição é colocada em uma escala relativa que varia de zero a cem, permitindo comparações e avaliações mais complexas.

Embora o número exato sofra variação de cidade para cidade, em linhas gerais, a exposição do Rio de Janeiro na mídia brasileira se dá em uma proporção de 10:1, ou seja, para cada 10 posts noticiosos sobre o Rio na imprensa online carioca, temos pelo menos um post em alguma outra cidade. O Rio é mais mencionado na imprensa de Belo Horizonte, Brasília e São Paulo.

São Paulo, por sua vez, tem uma proporção média de 10:2, com 2 posts em outras cidades para cada 10 posts dentro da própria capital Paulista. É uma notoriedade bem mais expressiva e ampla do que o Rio. As outras cidades que mais falam sobre São Paulo são Curitiba, Belo Horizonte e o próprio Rio de Janeiro.


Temas em destaque

O tema mais associado ao Rio de Janeiro ao longo de 2017 foi o Carnaval, seguido do Rock in Rio, das questões relacionadas com a Febre Amarela, das Greves, e de questões relacionadas com o Transito e o Detran (IPVA, renovações de documento e vistorias). Em comparação, os temas que surgem quando a cidade é São Paulo está em pauta apontam para preocupações totalmente diversas da agenda carioca. Na cidade da garoa, no último ano, temas recorrentemente trabalhados foram a Meteorologia (assuntos relacionados com o Clima), seguido do Transito e o Detran, questões da Prefeitura, e, finalmente, do Metrô e do deslocamento urbano. "Só de vermos os temas atribuídos a cada cidade, já é possível notar um pouco da cultura e das preocupações que afligem sua população", comenta o executivo.

Uma outra visão interessante é olharmos para os temas mais recentes, dos últimos 3 meses (novembro de 2017 a janeiro de 2018). Com essa visão, percebemos tanto assuntos que permeiam várias cidades, quanto assuntos específicos de cada uma delas. Para o Rio de Janeiro, os temas mais relacionados nesse período foram o Carnaval, o IPVA e a Febre Amarela, nessa ordem. Em São Paulo, por outro lado, os temas principais foram a Febre Amarela, as Greves, e os Protestos da população.

Sobre a BigData Corp:

A BigData Corp. opera um dos maiores processos de coleta e estruturação de dados do mundo. Captura todas as semanas informações de mais de 700 milhões de sites globalmente, incluindo os cerca de 20 milhões disponíveis hoje no Brasil, para atender negócios e instituições de todos os portes e segmentos. Os dados tratados pela empresa podem ter origem nas redes sociais, em sites de notícias ou em quaisquer outros endereços na web, além de outras fontes de parceiros.

Líder no mercado de big data no Brasil e na América Latina, a BigData Corp. capta e trata a informação por meio de três produtos. O primeiro deles é o BigWeb, que ajuda a estudar o mercado e permite gerar leads, isto é, identifica oportunidades de negócios a partir das informações obtidas na web. Já o BigBoost reúne todas as informações disponíveis na Internet em uma única API , ou seja, em uma única interface de aplicativos. Por fim, o BigID lança mão da riqueza dos dados coletados na Internet para validar automaticamente a identidade de uma pessoa ou empresa.

A BigData Corp é brasileira e foi fundada em 2013. Possui escritório no Rio de Janeiro, onde está localizada a sua sede, em uma filial em São Paulo.

Conheça mais sobre a empresa acessando www.bigdatacorp.com.br


Website: http://www.bigdatacorp.com.br

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos