Releases
11/02/2019 18:04

Praxio fecha 2018 com crescimento de 49% e receita de R$ 70 milhões


(DINO - 11 fev, 2019) - A Praxio, empresa de tecnologia para gestão no setor do Transporte Rodoviário e logística, fechou 2018 com receita de R$ 70 milhões, crescimento de 49% em relação a 2017. Ao longo do ano, a empresa deu sequência à sua estratégia de aumentar o alcance e a abrangência de soluções para o mercado latino-americano, tendo investido R$ 40 milhões na aquisição de novas companhias durante esse período. O processo foi iniciado em 2016, com a compra da Hive.Cloud, que atua no fornecimento de softwares em nuvem para pequenas e médias empresas do setor de transporte, e se fortaleceu com a incorporação da Avacon, referência no desenvolvimento de soluções para logística, transporte e armazenagem na região Sul do país.Com a compra da Autumn, empresa brasileira que há 20 anos desenvolve soluções tecnológicas para o mercado do transporte rodoviário de passageiros e encomendas, com forte penetração na região Sudeste, a Praxio, que hoje detém 37% do mercado de transporte de passageiros, ampliou em 17% seu market share no segmento. Assim, passa a ocupar a liderança, com 52% do mercado. As recentes aquisições, somadas à aposta continua em inovação, impulsionaram os bons resultados da companhia. Em 2017, a Praxio registrou faturamento de R$ 47 milhões e manteve 600 contratos, com um time de 245 colaboradores. Em 2018, o número saltou para R$ 70 milhões, com 5 mil contratos e 500 colaboradores. Neste ano, a empresa conquistou liderança na oferta de tecnologias para gestão nas áreas de transporte rodoviário de logística na América Latina.Para 2019, as perspectivas são igualmente otimistas. A empresa projeta um crescimento orgânico de 20%, chegando a um faturamento de R$ 85 milhões, número que aumentará caso haja novas companhias adquiridas. "Estamos suficientemente capitalizados para seguir adquirindo empresas estratégicas para o segmento", afirma Valmir Colodrão, CEO da empresa.

Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos