Releases
13/06/2018 16:16

Sede do Monte Everest, Nepal é o destino ideal para aventureiros


São Paulo - SP--(DINO - 13 jun, 2018) - Conhecer lugares diferentes, explorar novas culturas e estar com pessoas de outras etnias são alguns dos privilégios que as viagens são capazes de proporcionar. O mundo é repleto de variedades e possui atividades para pessoas com os mais diferentes gostos. Aqueles que possuem um espírito aventureiro e são mais adeptos às montanhas e trilhas, não podem deixar de conhecer o Nepal, país asiático em que está localizado o ponto mais alto da terra, o Monte Everest. Além de ser uma região predominantemente montanhosa, o turismo religioso e o patrimônio histórico também são questões bastante consideradas pelos turistas.

A região dos Himalaias, onde está concentrada a mais alta cadeia montanhosa do mundo, com mais de cinco mil metros de altitude, é um dos destinos mais buscados pelos alpinistas. Mas, esse não deve ser um impeditivo para aqueles que não são profissionais, já que nas regiões mais baixas do Nepal, a prática é possível até mesmo por iniciantes. Considerado um país ainda em desenvolvimento, reúne 12 etnias e possui uma das maiores densidades demográficas, com uma população que ultrapassa 29 milhões de pessoas. A capital é também a maior cidade, Kathmandu, exatamente onde fica o maior atrativo da região, o Monte Everest, com 8.844 metros de altitude.

Visitado por turistas de todos os lugares, o território faz fronteira com a China, ao norte, e com a Índia, nas extremidades leste, sul e oeste. Além das trilhas e belas paisagens, o turismo religioso também é um dos pontos fortes. Acredita-se que o budismo tenha sido fundado na região em que hoje está localizado o Nepal, e que Buda nasceu na pequena cidade de Lumbini, há mais de 2,5 mil anos. Outros pontos possuem, inclusive, uma relevância histórica. O Vale Kathmandu foi reconhecido pela Unesco, em 1979, como um patrimônio da humanidade, e é um dos principais pontos turísticos para os visitantes, pois reúne monumentos e edifícios com características artísticas e históricas. Também é o local onde está o templo budista Swayambhunath, considerado o mais sagrado do país. Para aqueles que se sentem atraídos pela fauna, o Parque Nacional Chitwan e a Reserva de Vida Selvagem Koshi Tappu também são grandes atrativos.

No que se refere à temperatura, o Nepal possui climas distintos, devido à topografia e às diferentes altitudes. Mas, independentemente das variações, uma das épocas em que se deve ter atenção é a das monções, em que o vento muda de direção. Existem duas estações do ano em que isso ocorre, com características diferentes. No inverno, o ar seco do continente é levado para o oceano, enquanto no verão o ar úmido do oceano vai para o continente, momento bastante crítico, pois aumentam as possibilidades de tempestades, fenômeno que ocorre de junho a setembro.

Desbravar um novo país não é tão difícil quanto parece. Uma das preocupações de muitas pessoas quando se pensa em uma viagem internacional é o idioma, mas para que isso não seja um problema, a Jacaré Travel , empresa brasileira de viagens, explica que é possível adquirir pacotes com guias turísticos. "Os passeios em grupo costumam ser produtivos. Os guias conseguem apresentar as curiosidades do local, além de intermediar possíveis conversas, proporcionando as melhores experiências aos clientes". A empresa também reforça que é possível personalizar a viagem de acordo com o orçamento e com os pontos específicos de interesse.


Website: http://www.jacaretravel.com.br/

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos