Releases
14/01/2021 04:50

Alunos plantam 150 espécies de árvores nativas para recuperar área degradada no Distrito de Joaquim Egídio, em Campinas


Campinas--(DINO - 05 jun, 2019) - Estimular o envolvimento de crianças com a preservação do meio ambiente; ensiná-la de maneira prática como é o funcionamento da biodiversidade do sistema e desenvolver ações para zerar a emissão de carbono. Com estes três objetivos centrais, 180 alunos do ensino fundamental da Escola Comunitária participaram de uma ação diferente dentro do Projeto Vila Educa, localizado no distrito de Joaquim Egídio, em Campinas (SP). Dentro do projeto Amigos do C02, as crianças realizaram o plantio de 150 mudas de várias espécies nativas e raras, como Pau Ferro, Pau D'Álho, Quaresmeira Jaracatiara (espécie em extinção), dentre outras. Durante um ano, as árvores espalhadas em uma área degradada, antes ocupada por mato, serão acompanhadas pelos alunos, através de um aplicativo, onde elas poderão ver seu crescimento, saúde da espécie, desenvolvimento e a quantidade de dióxido de carbono que elas absorvem neste período.'Além de aprenderem a disciplina de ciências e biologia de forma prática, através do contato com a natureza, estas crianças ajudarão a zerar a emissão de gás carbono no deslocamento da escola até a área do projeto Vila Educa, em Joaquim Egídio, além de contribuir para o aumento da área de proteção ambiental com a recuperação de um espaço que antes só tinha mato', explica a bióloga e educadora ambiental Paula Arnoldi, responsável pelo Projeto Vila Educa.Ela explica que o espaço que recebeu a ação Amigos do C02 foi totalmente limpo para receber o plantio de mudas. 'Nosso plano é estender esta ação para escolas da região, levando educação e comprometimento das crianças com o meio ambiente', completa Paula.SOBRE O VILA EDUCALocalizado numa propriedade rural no Distrito de Joaquim Egídio, em Campinas (SP), o Restaurante Vila Paraíso é conhecido por sua excelência gastronômica e exuberante área em meio à natureza para as famílias curtirem os finais de semana. Pensando em utilizar este ambiente natural inserido em Área de Proteção Ambiental (APA), a casa iniciou neste ano nova proposta pedagógica de estudos relacionados a preservação ambiental: o Projeto Vila Educa, que trata o Estudo do Meio.O Vila Educa é um programa que foi integralmente desenvolvido com base nos Parâmetros Curriculares Nacionais - PCNs e BNCC para atender a grade curricular das instituições de ensino, orientando questões de ordem científica e sociais que, por sua vez, visa o Estudo do Meio de Ciências Naturais e Educação Ambiental através de visitas monitoradas e pré-agendadas, desenvolvidas das segundas as sextas-feiras.Este projeto tem por objetivo a compatibilização e vivência dos conceitos estudados em sala de aula pertencentes à disciplina de ciências naturais, bem como sua transversalidade em educação ambiental, colaborando no desenvolvimento da criticidade de cidadãos mais conscientes.'Em função da pluralidade conceitual que o projeto apresenta, o Vila Educa Week possui flexibilidade e autonomia para ser aplicado a todos os anos letivos e grupo de pessoas interessadas nas ações pedagógicas e reflexivas proporcionadas através das obras educacionais', explica Paula Arnoldi, bióloga responsável pelo projeto Vila Educa.O Vila Educa tem programação em tempo integral, das 8:30h às 16:30h, contemplando café da manhã e café da tarde da Padoca do Vila e o almoço no restaurante.

Copyright © 2021 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos