Agronegócios
27/06/2019 20:20

CMN: produtor poderá tomar crédito de garantia de preço no momento do custeio


Por Gustavo Porto e Fabrício de Castro

Brasília, 27/6/2019 - O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou hoje voto agrícola para permitir ao produtor rural a tomada de crédito para a garantia de preço mínimo, ou para bancar a margem de garantia no mercado futuro, já durante o pedido para o custeio em instituições financeiras. O subsecretário de Política Agrícola e Meio Ambiente do Ministério da Economia, Rogerio Boueri, destacou que essas operações, feitas entre bancos e o tomador de crédito, já eram permitidas na comercialização, "o que era tarde, porque preços já estavam dados", afirmou. "Agora isso será feito tirando o risco do governo e poderemos direcionar a Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM) numa vertente onde o governo fique menos exposto".

Com a nova regra, o seguro de preço será pago pelo agricultor. que poderá optar por exercer, ou não, a opção no momento da venda da produção. Segundo Boueri, o Banco do Brasil deve anunciar, nos próximos dias, as primeiras operações dessa linha ao incluir o prêmio de garantia de preço nos financiamentos do custeio para arroz e, futuramente, para trigo.

Contatos: gustavo.porto@estadao.com e fabricio.castro@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2021 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos