Economia & Mercados
31/08/2020 21:43

Copel: Comitê conclui que não houve fraude contábil ou corrupção na Copel Telecom


O conselho de administração da Companhia Paranaense de Energia (Copel) foi informado sobre o resultado das investigações internas realizadas por um comitê criado em dezembro do ano passado, para apurar possíveis irregularidades na Copel Telecomunicações entre 2015 e 2018. Mas não foram identificadas evidências de fraude contábil ou erro intencional, nem de recebimento ou pagamento de vantagens indevidas envolvendo seus colaboradores.

Segundo a Copel, as irregularidades investigadas na Copel Telecom estavam relacionadas com a contratação de prestadores de serviço e renúncia de receitas referentes a clientes e fornecedores.

As irregularidades foram identificadas principalmente por trabalhos de controles internos, e segundo a Copel, naquele momento, já foi colocado em prática um plano de ação para fortalecer a governança. Além disso, O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) e o Ministério Público do Estado foram comunicados.

A companhia identificou deficiência de controles e oportunidades de melhorias em processos de gestão de clientes, suprimentos e fornecedores da Copel Telecom. Segundo o grupo, "não há elementos ou indicativos de que os valores constantes das demonstrações contábeis consolidadas da companhia possam sem afetados de forma relevante".
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos