Economia & Mercados
11/08/2017 16:14

Carrefour: mudança no rotativo impacta Ebitda de cartões em R$ 38 milhões


A mudança nas regras do crédito rotativo afetou negativamente em R$ 38 milhões o Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da Carrefour Soluções Financeiras (CSF), braço de cartões da rede varejista. Durante teleconferência com analistas e investidores, o vice-presidente de Finanças o Carrefour Brasil, Sébastien Durchon, afirmou que a empresa espera compensar esses impactos pela frente com redução de custos.

O executivo destacou ainda que a companhia espera que estes efeitos sejam minimizados no futuro com um aumento do portfólio do parcelamento de fatura, que passou a substituir o rotativo após um mês de uso. O crescimento do cartão da rede de "atacarejo" Atacadão também é visto como uma oportunidade para esse negócio.

A carteira total de crédito da CSF aumentou 9% na comparação anual, chegando a R$ 5,446 bilhões. A empresa afirmou que tem expandido a oferta de cartões na rede do Atacadão. A conclusão do projeto de introdução do cartão Atacadão em 142 lojas está prevista para ocorrer até final de setembro deste ano, de acordo com a companhia. Até o final de junho, eram 50 lojas aceitando o cartão.

Apesar da alta no faturamento, o Ebitda da operação financeira caiu 45,8%, para R$ 107 milhões no segundo trimestre de 2017. O resultado foi afetado por alta nas provisões contra inadimplência e pelo efeito da mudança no rotativo.
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos