Economia & Mercados
11/01/2019 09:01

Gol faz leve mudança em guidance de receita para 2018; indicador CASK fica menor


São Paulo, 11/01/2019 - A previsão de receita líquida total da Gol para o ano de 2018 foi levemente alterada no novo guidance, revisado para incorporar o impacto da nova norma IFRS16 e outras premissas. O dado passou de R$ 11,5 bilhões para R$ 11,4 bilhões. No exercício fiscal 2019, a receita deve chegar a R$ 12,9 bilhões, de R$ 12,8 bilhões na estimativa anterior. E para 2020, a previsão é alcançar R$ 14,2 bilhões.

Os custos unitários ex-combustíveis (CASK ex-comb) deverão ficar em 12,3 centavos de real, menor que o guidance anterior de 13,5 para 2018; e cair para 13 centavos em 2019, ante 14 estimados antes. Para 2020, a projeção de CASK ex-comb é de 13 centavos. A companhia não mudou o preço do combustível, estimado em R$ 2,9 o litro em 2018, mesmo valor em 2019 e que chegue a R$ 3,0/l em 2020.

A previsão para o resultado por ação diluído preliminar é de um prejuízo maior em 2018, da faixa de R$ 2,00 a R$ 1,80 para R$ 3,20 a R$ 2,90. Em 2019 a companhia espera lucro por ação maior, de R$ 1,50 a R$ 1,90 estimados anteriormente, para entre R$ 2,20 a R$ 2,60. Já em 2020, a faixa projetada é de R$ 2,60 a R$ 3,10.

Na linha "Participação Minoritários", com base em estimativas de mercado, os dados para 2018 ficaram inalterados, em R$ 280 milhões, caíram de R$ 320 milhões para R$ 300 milhões em 2019 e guidance de R$ 330 milhões para 2020.

O montante previsto para capex (investimentos) se manteve em R$ 750 milhões em 2018 e subiu de R$ 600 milhões para R$ 650 milhões em 2019. O guidance para 2020 é de um capex de cerca de R$ 600 milhões.

A taxa de ocupação média apresenta alteração apenas para 2018, passando da faixa de 70% a 80% para o índice de 79,9%. A faixa de 79% a 81% segue para 2019 e também se aplica a 2020. (Luana Pavani - luana.pavani@estadao.com)
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos